Acordes de violão
Shares

Músicas fáceis de tocar no violão, com 3 acordes

Acorde A - lá maior

Todo iniciante busca músicas fáceis de tocar. E isso está muito certo. É preciso começar devagar e evoluir gradativamente. No início, músicas com 3 acordes são mais indicadas para aprendizes de violão.

Mas não fique aí pensando que músicas fáceis de tocar são “inferiores” às músicas mais difíceis. Existem inúmeras músicas de 3 ou 4 acordes que fizeram e fazem muito sucesso. E são músicas muito boas.

Portanto, quando você estiver tocando uma música de 3 acordes, lembre-se que músicos profissionais também o fazem. Nenhum desmerecimento aí.

Porque músicas com 3 acordes

É fácil perceber o motivo de tocar com menos acordes… As mudanças de acorde. Se você tem, por exemplo, 5 acordes numa música, as possibilidades de mudança entre os acordes são muitas. Com 3 acordes, existem apenas 6 possibilidades. E na maioria das vezes, não são utilizadas todas as mudanças.

Geralmente uma música de 3 acordes tem duas sequências. Por exemplo: A, D, E e D, A, E… Neste caso teríamos apenas 4 diferentes mudanças de acordes. Isso é o que facilita a execução. Quanto menos acordes e menos mudanças… mais fáceis serão as músicas.

E, é claro, isso sem falar no ritmo… Escolher uma música de 3 acordes somente não basta. Se o ritmo for complicado… complicou, né? Então… preste atenção nisso também.

Pensando em tudo isso, é provável que no início você tenha que tocar músicas que não lhe interessam. Das quais você nem gosta. Se você não encontrar, entre as músicas que gosta, algumas com poucos acordes e ritmo fácil… fazer o que? Mas lembre-se… você está aprendendo. E desta maneira, é melhor.

Eu me lembro quando tocava “Marinheiro só” de Caetano Veloso. Uma música muito simples, de apenas 3 acordes. Para quem gostava de rock… aquilo era uma tortura. Mas uma tortura necessária.

Algumas músicas fáceis de tocar no violão para você

Eu selecionei algumas músicas que podem lhe dar um pontapé inicial. Depois você mesmo pode “garimpar” mais. E como eu toquei “Marinheiro só”… hehehe… você também pode sofrer um pouco…

  1. Marinheiro só  (Tonalidade original em E. Mude para D para ficar mais fácil.)
  2. Seresteiro das noites
  3. Ainda é cedo
  4. Al Capone
  5. Menino da porteira
  6. La bamba
  7. Que país é este?

Sete. Dizem que é “conta de mentiroso”. Mas vá lá… já dá pra treinar um bocadinho.

Algumas dicas:

  • Toque a mesma música em tonalidades diferentes, para ir aprendendo outros acordes.
  • Use o capotraste para mudar a tonalidade tocando com os mesmos acordes. Por exemplo: Se a tonalidade é A e os acordes A, D e E, com o capotraste na casa 2 você usa as mesmas posições e toca na tonalidade B, com os acordes B, E e F#.
  • Sempre que conseguir, toque na tonalidade original acompanhando o vídeo (ou áudio).

Não fique só nas músicas fáceis de tocar…

Ficar só tocando músicas fáceis… é fácil. E durante algum tempo ajuda você a adquirir confiança. Pense um pouco… É muito melhor toca ruma música simples bem tocada, do que fazer feio tentando tocar algo que está acima do seu nível. Uma música de 3 acordes bem tocada, sem erros, arranca aplausos.

Mas… é preciso seguir em frente. Encarar músicas mais difíceis, tanto nos acordes como no ritmo. Mas veja bem… gradativamente. Vá escolhendo músicas com 4 acordes fáceis e treinando. Depois algumas com pestana. E treinando. E assim por diante. Não pule etapas.

Conheça melhor os acordes de violão

Conforme você for evoluindo, vai precisar compreender melhor os acordes. Saber porque aqueles acordes fazem parte da música, por exemplo. Aí sim, você estará dando um grande passo. Acredito que você saiba que uma música pode ser tocada em qualquer tonalidade. Então, uma música que tem os acordes A, D e E, pode ser tocada, por exemplo, com D, G e A. Até aí tudo bem… mas por quê? Porque mudou a tonalidade… mudam os acordes.

Para você compreender tudo isso – que não é difícil – eu criei a apostila (eBook) Diagramas de acordes para violão e guitarra. Nesta apostila eu explico detalhadamente e com linguagem simples, de onde vêm os acordes, tonalidades, escalas e campo harmônico. Nada de decorar, e sim… aprender.

Além de músicas fáceis, treine sequências de 3 ou 4 acordes

É algo bem simples e eficiente. Escolha um ritmo e toque sequências de acordes. Assim sua mão vai acostumando aos diversos movimentos diferentes das mudanças de acordes.

O importante é tocar as sequências corretas, pertencentes a uma tonalidade. Por exemplo:

Tonalidade A = A, D, E

Tonalidade G = G, C, D

Tonalidade C = C, F, G

E assim por diante. No mesmo eBook Diagramas de acordes para violão e guitarra, eu indico diversas sequências para treino, em várias tonalidades diferentes.

Além disso, no eBook há centenas de diagramas de acordes, para você conhecer as mais diferentes posições.

Para finalizar, saiba que as músicas fáceis de tocar no violão, sejam com 3 ou mais acordes, é que abrirão o caminho para você tocar sempre melhor. Portanto… use e abuse destas músicas.

 

 

 

 

 

 

 

 

Share Button

Leave a Comment:

Add Your Reply