Acordes de violão
Compartilhe!

Todos os acordes de violão

Todos os acordes de violão

Todos os acordes de violãoExiste alguém que saiba todos os acordes de violão? Talvez, aí do seu lado da tela, tenha vindo à sua mente algum nome. Uma fera no violão, como jamais se viu.

Afinal… é possível saber todos os acordes? No violão ou no piano, guitarra, teclado…

A resposta é… tcharaaammmm! Creio que sim. Mas vamos explicar um pouco. Trazendo a coisa para um âmbito um pouco mais palpável.

Se alguém me perguntasse “Você sabe todos os acordes naturais?”, eu responderia: “Sim, eu sei.”. Mas se este alguém me perguntasse: “Você todos os acordes naturais em todas as posições possíveis?”. Aí… bem… eu teria que responder que não. Porque? Porque um acorde pode ser feito em muitas posições diferentes. Para citar um exemplo simples, imagine um acorde A. As duas posições mais populares são as abaixo ilustradas. Mas – é claro – existem outras posicões. E é o mesmo acorde!

Acorde A (lá maior)

Acorde A com pestana

 

 

 

 

E como saber todos os acordes de violão então?

Num de meus arquivos, eu tenho alguns acordes com mais de 40 posições diferentes. Vamos fazer uma conta simples: Para abranger toda a escala cromática, teríamos, contando apenas os acordes naturais maiores e menores, 24 acordes. Suponhamos que teríamos pelo menos 10 posições para cada um deles. Só aí já são 240 acordes. Some-se a isso os acordes alterados ( sétima, quarta, nona…). Somou? Dá um bocado, certo? Agora tente decorar… xxxiiiiii! Dá não.

Então, a maneira de aprender mais acordes de violão (não necessariamente todos), é saber como são formados os acordes. Aí sim, você estará fazendo um avanço.

Mais importante do que tentar decorar acordes, é aprender de onde vêm os acordes. É claro que no início é perfeitamente compreensível decorar os primeiros acordes, sem saber exatamente porque cargas d’água eles são daquele jeito. Mas quando você quer ou precisa saber mais acordes, é praticamente impossível continuar decorando. É preciso aprender mesmo.

De onde vêm todos os acordes de violão?

Olhe para o braço do seu violão. O que você vê? Tá… um pedaço de madeira com uns ferrinhos atravessados e seis arames esticados. Quando você conseguir (talvez já consiga) “ver” escalas em seus diferentes formatos e as posições que os acordes ocupam dentro delas… aí você estará indo ainda mais adiante.

Acordes vêm das escalas. Um acorde natural é formado de três notas: os graus 1, 3 e 5 de uma escala. Vamos usar novamente o s dois diagramas do acorde A. Veja na parte de baixo do acorde, as notas utilizadas para formá-lo. Estes são os três graus da escala de A (lá maior): A, C#, E.

Acorde A (lá maior)Acorde A com pestana

Agora repare como mesmo com os acordes feitos em posições diferentes, temos exatamente as mesmas notas.

Mas… isto não significa que você tenha que decifrar sozinho as inúmeras posições para fazer outros acordes. Porque as posições se repetem, para acordes diferentes. Ou seja… quando você aprende um, aprende vários outros ao mesmo tempo.

O ebook Diagramas de acordes

Em meu ebook Diagramas de acordes para violão e guitarra, eu explorei justamente o princípio da formação dos acordes. Há centenas de diagramas prontos no ebook, é claro… Mas a essência do livro não é esta. O importante é aprender, além dos diagramas. É aprender de onde vêm as notas para se formar os acordes.

Confira os detalhes do ebook, clicando na imagem ou no link abaixo:

Página com detalhes do Ebook Diagramas de acordes

Ebook Diagramas de acordes para violão e guitarra

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leia também: Formação de acordes

Share Button