Acordes de violão
Shares

Não consigo aprender violão

Não consigo aprenderVocê foi lá, tentou, treinou. Algum tempo se passou e você está quase dizendo a si mesmo: não consigo aprender violão. Tudo bem. Eu respeito. Quer desistir? Vá em frente. Talvez não seja mesmo a sua praia. Talvez violão não seja o que você quer. Você pensou que seria legal, mas não gosta. Agora descobriu que gosta mesmo é de surfar. Ou tocar piano. Ou fazer malabarismo com bicicleta, sei lá. Sem problema.

Mas se você gosta de violão mesmo, não me importa quanto tempo você tentou. Não é hora de dizer “não consigo aprender”. Nunca é hora. De mais a mais, tenho aqui pra mim que você “tentou” mais ou menos uns dez… minutos. Ou seja, não tentou. Aí você diz: “Não senhor! Estou tentando há dez… dias”. Muito pouco também. Dez meses? Pouco. Se você quer mesmo aprender violão, vai conseguir. Você acha que não? Então continue lendo.

A história de Billy McLaughlin

Billy McLaughlin é um violonista que faz um trabalho um pouco diferente. Ele toca “martelando” as cordas com as pontas dos dedos. É um estilo muito interessante e que exige muito treino e dedicação.

Acontece que há alguns anos, Billy começou a sentir que sua mão esquerda, a que fazia as escalas, falhava. Ele perdia notas das músicas, tinha dificuldade em tocar melodias que ele sabia de cor e salteado. Para encurtar a história, Billy foi diagnosticado pelos médicos como portador de distonia, uma doença neuromuscular que – entre outras coisas – produz movimentos involuntários dos músculos. Na mão esquerda de Billy, dois dedos fora afetados.

Agora imagine você querendo fazer uma coisa com os dedos e estes fazendo outra coisa diferente. Todos pensaram a mesma coisa. Acabou-se a carreira de Billy. A doença é incurável. Alguns médicos tentaram ajudá-lo, até mesmo injetando botox. Mas não aconteceu nada. O problema continuava. Ele não conseguia mais tocar. A grande maioria das pessoas teria desistido. Mas Billy, para sorte da música, não desistiu. Agora preste atenção no que foi que este homem fez.

Billy não disse “não consigo”

Havia uma saída para o problema, mas parecia absurda. Billy começou a treinar com as mãos invertidas. Como se fosse canhoto. Ele começou tudo de novo, do zero. Ao invés de dizer, não consigo aprender violão com a mão direita, ele disse: “vou aprender e vou tocar com a mão direita”. E aprendeu, sim. E toca hoje da mesma maneira, com o mesmo resultado que obtinha antes com a mão esquerda. E que resultado, diga-se de passagem.

Por isso, se você realmente quer aprender violão, pare de choramingar pelos cantos e vá à luta. Não diga “não consigo aprender”. Você consegue sim. Treine um pouco todos os dias. E quem sabe um dia destes você pode até mesmo estar tocando como Billy McLaughlin.

Siga o link abaixo e veja Billy  tocando já com seu violão adaptado para canhoto.

Billy McLaughlin


Share Button

Comments are closed