Acordes de violão
Compartilhe!

Mudança de acordes no violão

Acordes de violão - mi maior

Trocar acordes é uma das dificuldades enfrentadas pelos iniciantes em violão, sem dúvida. A primeira solução em que todos pensam é: treinar.

Eu iria um pouco adiante. Treinar do jeito certo. Esta é a real solução. Se você ficar treinando de qualquer jeito, vai acabar adquirindo a rapidez necessária, mas vai demorar mais tempo e continuar fazendo errado o resto da vida. Tudo bem, um “errado” que dá certo, mas mesmo assim errado.

O êrro está – em primeiro lugar – em retirar todos os dedos das cordas na hora de mudar para o acorde seguinte. Em segundo lugar, afastar demasiadamente a mão do braço do violão. Tudo isso faz perder tempo.

O segredo (que não é segredo nenhum) está em se estudar sequencias e, dentro delas, estudar a melhor maneira de fazer as possíveis mudanças dentro daquelas sequencias.

E por que? Pelo simples motivo de que existem mudanças de acordes mais prováveis. Repare que as músicas possuem sequencias básicas, acrescidas – às vezes – de acordes relativos e/ou modificados. Estudar as sequencias básicas mais os acordes relativos possíveis àquelas sequencias, já é meio caminho andado para facilitar a mudança de acordes.

Muitas vezes, numa sequencia, para mudar de um acorde para outro, é necessário movimentar apenas um dedo, como por exemplo de C para Am (ou vice-versa). Sem perceber, às vezes o iniciante retira todos os dedos, sendo que o acorde já estava quase pronto, obrigando seus dedos a refazerem a posição que, na verdade, já estava quase pronta!

Veja um exemplo no video abaixo (este video é um dos 44 videos do Curso de violão para iniciantes):




Conheça o Curso de violão para iniciantes. São 44 videos como este! Inscreva-se no boletim acordes e receba uma incrível oferta do curso.

Share Button

Comments are closed