O que são oitavas?


Share Button

Acordes de violão

Bem, o próprio nome já está dizendo. Se refere, é claro, a oito. Como falamos aqui de música, oito notas. Chamamos então de oitava uma sequencia de notas na qual a oitava nota será igual à primeira, porém mais aguda ou mais grave.

Por exemplo: a escala de C (dó maior) é

1)C  2)D  3)E  4)F  5)G  6)A  7)B  e 8)C

A primeira e a oitava notas são C. Porém, o segundo C, na posição 8, é mais agudo que o primeiro, da posição um. Dizemos que uma nota mais aguda está mais alta. Portanto, o segundo C está uma oitava acima (mais agudo) que o primeiro. Da mesma forma, o primeiro C está uma oitava abaixo do segundo.

As oitavas no violão

Na prática pode-se dizer que, no violão (ou na guitarra) encontramos uma nota:

  • Oitava acima (mais aguda) – 12 casas adiante da casa original. Por exempo: a sexta corda é E (mi). Encontraremos outro E na décima-segunda casa, uma oitava acima da corda solta. Mais agudo, portanto.
  • Oitava abaixo (mais grave) – Seguindo o processo acima ao inverso, “voltando” as casas no braço do violão.
  • Oitava acima – Fazendo a escala descendente. Por exemplo: a escala de C (dó maior), iniciando na quinta corda, terceira casa. Encontraremos outro C na segunda corda, primeira casa. Este segundo C está uma oitava acima do primeiro. E o primeiro – evidentemente – está uma oitava abaixo do segundo.

Digamos que você continue fazendo a escala e encontre então um terceiro C. Este então está duas oitavas acima do primeiro e uma oitava acima do segundo.

Oitavas nas escalas

Se você inicia uma escala de G (sol maior) na sexta corda, terceira casa, e depois faz uma segunda  escala iniciando-a na quarta corda, quinta casa (G), esta segunda escala está uma oitava acima da primeira, e vice-versa.

Acordes de violão

Veja a representação do braço do violão ao lado. Conforme o que foi mencionado acima, você pode ver claramente como se comportam as oitavas. Repare, por exemplo, na sexta corda, primeira casa. Temos uma nota F (fá). Na quarta corda, terceira casa, outro F, uma oitava acima. Na primeira corda, primeira casa, mais um F, desta vez duas oitavas acima do primeiro. Seguindo em frente na primeira corda, décima-terceira casa, mais uma nota F, três oitavas acima do primeiro F.

Este padrão se repete ao longo de todo o braço do violão, para todas as escalas e todas as notas. Experimente fazer o exercício acima com a nota G, começando na sexta corda, terceira casa.  Você vai acabar na primeira corda, décima-quinta casa.




Temas relacionados

Conhecendo as notas do violão




Não encontrou o que precisava? Sem problema. Entre em contato!

Preencha o formulário abaixo e pergunte o que quiser. É sério. Não seja tímido. Do lado de cá ninguém morde. E você não está se comprometendo com nada. Todas as consultas serão respondidas. Vá em frente e talvez eu possa conseguir exatamente o que você quer. Ah, sim... o preço da consulta? GRÁTIS!

ATENÇÃO! O FORMULÁRIO ABAIXO É PARA CONSULTA, NÃO PARA COMENTÁRIO.

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Quero informações sobre (clique para selecionar):

Sua mensagem

Antes de enviar, por favor preencha o campo abaixo.
captcha

Share Button

15 Comentarios

  1. thiago says:

    ei tem como vocês mandarem pra mim todos os acordes de violão pra mim?
    notas com setimas com oitavas com nona etc…
    mandem as imagens como fazer…
    se dê eu serei muito a gradecido a todos vocês…
    falow.

    • Bruno says:

      Olá Thiago. Há fotos disponíveis na página fotos de acordes. Na página afinador de violão é possível também encontrar cifras. Abraço.

  2. Marlon says:

    Olá Bruno. Estou tentando aprender um pouco de violão e “fuçando” a net fiquei muito feliz ao encontrar “acordesdeviolao.com.br” com tanta informção, e de forma verdadeiramente didática. Parabens pelo conhecimento que me parece dispor e pela habilidade de escrever de forma ao mesmo tempo clara e divertida, inclusive.

    • Bruno says:

      Olá Marlon. Valeu a visita. Espero que atinja seu objetivo. Um abraço.

  3. Ikky says:

    namoral…
    não entendii nada…
    :S

  4. Marcelo says:

    Olá Bruno, faço aula de violão há 1 mês, e uma dificuldade é decorar os nomes dos acordes, p.ex, G7, G7/13, E7/9. Voce poderia esclarecer esse assunto? o porque dessa nomenclatura?
    Outra questão sobre o tema acima, seria correto dizer então que o violão possui 4 oitavas? Na verdade foi essa pergunta que me apresentou o seu site.
    Parabéns pela iniciativa,
    abs

    • Bruno says:

      Olá Marcelo. Creio que você está querendo correr antes de aprender a andar. Você precisa praticar e estudar primeiro os acordes naturais, ou seja, sem estas modificações que você mencionou. Acordes naturais têm só as letras. Ex: A, B, C, … e Am, Bm, Cm (o “m” significa menor). AS outras letras e números depois dos acordes são alterações que você aprenderá mais adiante. Aprenda primeiro a tocar músicas com acordes naturais. Não se preocupe muito com quantas oitavas tem o violão. Na verdade, se você começar pela corda 6 solta (E) fazendo a escala de E, terá 3 oitavas até a corda E, na casa 12. Um grande abraço.

  5. goncalo says:

    nao entendi uma coisa, na 4a corda , 3a casa temos um fa, que esta uma oitava acima do fa que temos na 1a casa, 6 corda certo?
    mas na 13 casa da 6 corda tambem temos um fa, ele tambem esyta uma oitava a cima do fa da 1 casa 6 corda?

    • Bruno says:

      Olá Gonçalo. O Fa da corda 6 casa 13 está na mesma oitava do fá da corda 4 casa 3. Os dois estão uma oitava acima do Fa da corda 6 casa 1. Você está certo. Se você pegar o Fá da corda 1, casa 1, este está duas oitavas acima do Fa da corda 6 casa 1. E uma oitava acima do Fa da corda 4 casa 3. Conforme você segue para frente (mais agudo) vai caminhando oitava acima. Abraço.

  6. Caroline says:

    Oi, muito obrigada ja estou começando a entender mas tenho uma dúvida, quando voce deu oexemplo das notas fa, vc começou pela primeira corda, na primeira casa, e entao pulou para a quarta corda! Eu nao entendo aí, nao havia outros fas anteriores a este? Nao conta como oitava se eu me referir ao proximo fa na primeira corda, ou o que há na segunda? Muito obrigada! (^-^)/

    • Bruno says:

      Olá Caroline. Você deve estar referindo-se à sexta corda. Na corda 6, casa 1 temos um fá. Na mesma corda, casa 13 temos outro fá. E na corda 4, casa 3 outro fá. Este último está na mesma oitava que o fá da corda 6 casa 13. Porque para chegar a estes dois, partindo da corda 6, casa 1, você anda 12 semitons. Conte a partir da corda 6 casa 1 até a corda 6 casa 13. E conte a partir da corda 6 casa 1 até a corda 4 casa 3. São 12 semitons. Você deve estar se confundindo porque no segundo caso, indo para a corda quatro, você vai fazer a escala cromática descendo: Corda 6, casas 1 a 4 (F, F#, G, G#). Corda 5 casas 0 a 4 (A, A#, B, C, C#). E corda 4 casas 0 a 3 (D, D#, E, F). Lembre-se da escala cromática. Seja qual for o sentido em que você a faz, doze semitons acima está a sua oitava. Um abraço.

  7. fabio says:

    Olá,Bruno tenho uma duvida sei tocar um pouco violão mais vejo muitas pessoas que canta falar toca em (D)que seria ré,blz mais qual é a sequencia disso começar em D e o resto..gostaria de saber qual é a sequencia de todas as notas<Obrigado.

    • Bruno says:

      Olá Fabio. O que a pessoa quer dizer é para tocar na tonalidade D. Mas isso não implica que daí já saiam os acordes todos da música. Dentro da tonalidade, caberão os acordes do campo harmonico de D, mas só em saber a tonalidade você não saberá quais acordes são usados na música. Aí você tem duas opções: tirar a música você mesmo ou consultar um site de cifras. Um abraço.

  8. Alexandre Augusto says:

    Olá Bruno, toco violão a quatro anos e ainda tenho dificuldades em fazer a pestana, muitas fezes ao fazer a pestana o meu dedo polegar dói, devido a tensão que eu coloco nele. Qual o segredo, Bruno, para fazer uma boa pestana sem “estressar” o polegar ?

    • Bruno says:

      Olá Alexandre. Eu creio que algumas pessoas têm mais dificuldades com isso do que outras. A primeira coisa a verificar é se você está posicionando o polegar corretamente, ou seja, ele deve estar esticado, sem dobrer na junta. Se você tenta dobrar o polegar para fazer mais força, vai estressar mesmo. Se não for este o problema, tente fazer exercícios, como apertar uma bolinha (de tênis, por exemplo). E procure sempre arranjar os acordes para que não haja muitos deles com pestana. Por exemplo, uma música com cinco acordes e só um com pestana, dá alívio ao polegar. Ao contrário, se houver 3 pestanas, o stress é quase certo. Um abraço.