Shares

Garota tocando violão



ACORDES DE VIOLÃO
Aprenda muito mais sobre acordes agora mesmo...

________


Apostila Segredos do braço do violão  grátis! Entenda seu violão e toque melhor...

Peça a sua e faça o download agora mesmo!

Reserve agora!



Como trocar as cordas do violão

Acordes de violao cordas

Parece fácil, não é? Trocar as cordas do violão, aparentemente não é uma coisa tão complicada. Basta arrancar o encordoamento velho, dar um soprão na poeira que está por ali, enfiar as cordas novas e virar aqueles pininhos até as cordas ficarem esticadas, certo? Errado.


 Difícil não é. Mas se você utilizar o “método” acima, vai se se dar mal.


 Retirando o encordoamento velho


  1.  Afrouxe as cordas girando suas tarraxas no sentido anti-horário, começando pelas duas do meio (4D, 3G), depois 5A e 2B e, por fim, 6E e 1E.  Esta sequencia é importante, devido à tensão das cordas sobre o braço. Como o tensor está bem no meio, começando por aí, alivia-se a tensão por igual, evitando assim um possível empenamento do braço. Se alguém lhe disser: “ah, mas eu nunca fiz isto e o meu violão está inteirinho!”, você tem duas escolhas. Arriscar ou não. Você é que sabe quanto custou seu violão.
  2. Após afrouxar as cordas, você pode cortá-las com um alicate de corte (em hipótese alguma corte as cordas antes de afrouxar as cordas!!!), para facilitar a retirada. Eu tinha o costume de guardar cordas velhas, para ficarem “de reserva” no caso de quebra. Não faço mais isto e nem aconselho. Cordas velhas já perderam a sonoridade e estão mais sujeitas à quebra. Entretanto, eu fazia isto por absoluta necessidade. Não tinha dinheiro. Se for seu caso, vá em frente. É melhor uma corda velha do que nenhuma.
  3. Limpe todo o instrumento. O corpo com seu polidor preferido e a escala com óleo de limão (se for rosewood), ambos produtos à venda em casas de instrumentos musicais. Caso não tenha nenhum dos dois, utilize um pano macio (flanela) ligeiramente úmido, secando tudo depois com um pano sêco, principalmente os trastes e tarraxas, que podem oxidar.
  4. Confira as tarraxas, para ver se não estão soltas, folgadas. Isto acontece muito e prejudica a afinação. Se algum parafuso (que prende a tarraxa à mão do violão) estiver girando em falso, retire cuidadosamente a tarraxa, preencha o furo do parafuso com um palito de dentes, quebrando-o rente à madeira do violão. Pronto, agora você tem onde recolocar o parafuso, para que fique firme. Se não sentir-se confortável fazendo isto, procure ajuda.
  5. Confira também a pestana, ponte e rastilho. Veja se não há gasto excessivo, algo quebrado. Verifique se a ponte está bem colada ao corpo. Acontece muito com violões expostos a excessivo calor, o descolamento. A coisa aí é complicada, melhor procurar ajuda profissional.
  6. Após tudo verificado, hora de colocar o encordoamento novo. Instale as cordas em sequencia (6 a 1).

Para violão com encordoamento de nylon

Veja o video abaixo. lembre-se: instale cada corda apertando-a somente o suficiente para mantê-la no lugar. A afinação deve seguir a mesma sequencia de retirada do encordoamento velho. Primeiro 4D e 3G, depois 5A e 2B. Por fim, 6E e 1E. Novamente para evitar tensão desigual no braço. Muitos violões com encordoamento de nylon não têm tensor, pois a tensão exercida pelas cordas não é tão grande. porém, não custa nada prevenir.


 

  

Violão com encordoamento de aço

Um pouco mais fácil.


  • Coloque as cordas em sequencia (6 a 1), inserindo-as em seus respectivos orifícios no cavalete, pelo lado de trás.
  • Leve a corda até a mão do violão e coloque a ponta no orifício da tarraxa. Puxe a corda através do orifício, até que sobre apenas o suficiente para dar três ou quatro voltas na tarraxa.
  • Segure a corda e dê uma volta na tarraxa (para a direita na três cordas de cima e esquerda nas três de baixo), passando a corda por cima da ponta que sobrou do outro lado. Depois dê outra volta no mesmo sentido, mas desta vez passe a corda por baixo da sobra. Isto serve para “travar” a corda, de modo que não ceda ao ser afinada.
  • Segurando a corda junto à pestana, dentro de sua ranhura, enrole-a girando a tarraxa, mas somente até que permaneça em seu lugar. Não leve até o ponto de afinação.
  • Uma vez todas as cordas instaladas, proceda à afinação.
  • Veja nas duas figuras abaixo como dar as duas voltas sobre a tarraxa, para “travar” a corda.


    Acordes de violão

    Uma volta por cima


    Acordes de violão

    outra volta por baixo


    Para afinar o violão, leia este artigo


    Para regular o violão leia este artigo


    Comments are closed