Como trocar as cordas do violão


Share Button

Acordes de violao cordas

Parece fácil, não é? Trocar as cordas do violão, aparentemente não é uma coisa tão complicada. Basta arrancar o encordoamento velho, dar um soprão na poeira que está por ali, enfiar as cordas novas e virar aqueles pininhos até as cordas ficarem esticadas, certo? Errado.


 Difícil não é. Mas se você utilizar o “método” acima, vai se se dar mal.


 Retirando o encordoamento velho


  1.  Afrouxe as cordas girando suas tarraxas no sentido anti-horário, começando pelas duas do meio (4D, 3G), depois 5A e 2B e, por fim, 6E e 1E.  Esta sequencia é importante, devido à tensão das cordas sobre o braço. Como o tensor está bem no meio, começando por aí, alivia-se a tensão por igual, evitando assim um possível empenamento do braço. Se alguém lhe disser: “ah, mas eu nunca fiz isto e o meu violão está inteirinho!”, você tem duas escolhas. Arriscar ou não. Você é que sabe quanto custou seu violão.
  2. Após afrouxar as cordas, você pode cortá-las com um alicate de corte (em hipótese alguma corte as cordas antes de afrouxar as cordas!!!), para facilitar a retirada. Eu tinha o costume de guardar cordas velhas, para ficarem “de reserva” no caso de quebra. Não faço mais isto e nem aconselho. Cordas velhas já perderam a sonoridade e estão mais sujeitas à quebra. Entretanto, eu fazia isto por absoluta necessidade. Não tinha dinheiro. Se for seu caso, vá em frente. É melhor uma corda velha do que nenhuma.
  3. Limpe todo o instrumento. O corpo com seu polidor preferido e a escala com óleo de limão (se for rosewood), ambos produtos à venda em casas de instrumentos musicais. Caso não tenha nenhum dos dois, utilize um pano macio (flanela) ligeiramente úmido, secando tudo depois com um pano sêco, principalmente os trastes e tarraxas, que podem oxidar.
  4. Confira as tarraxas, para ver se não estão soltas, folgadas. Isto acontece muito e prejudica a afinação. Se algum parafuso (que prende a tarraxa à mão do violão) estiver girando em falso, retire cuidadosamente a tarraxa, preencha o furo do parafuso com um palito de dentes, quebrando-o rente à madeira do violão. Pronto, agora você tem onde recolocar o parafuso, para que fique firme. Se não sentir-se confortável fazendo isto, procure ajuda.
  5. Confira também a pestana, ponte e rastilho. Veja se não há gasto excessivo, algo quebrado. Verifique se a ponte está bem colada ao corpo. Acontece muito com violões expostos a excessivo calor, o descolamento. A coisa aí é complicada, melhor procurar ajuda profissional.
  6. Após tudo verificado, hora de colocar o encordoamento novo. Instale as cordas em sequencia (6 a 1).

Para violão com encordoamento de nylon

Veja o video abaixo. lembre-se: instale cada corda apertando-a somente o suficiente para mantê-la no lugar. A afinação deve seguir a mesma sequencia de retirada do encordoamento velho. Primeiro 4D e 3G, depois 5A e 2B. Por fim, 6E e 1E. Novamente para evitar tensão desigual no braço. Muitos violões com encordoamento de nylon não têm tensor, pois a tensão exercida pelas cordas não é tão grande. porém, não custa nada prevenir.


 

  

Violão com encordoamento de aço

Um pouco mais fácil.


  • Coloque as cordas em sequencia (6 a 1), inserindo-as em seus respectivos orifícios no cavalete, pelo lado de trás.
  • Leve a corda até a mão do violão e coloque a ponta no orifício da tarraxa. Puxe a corda através do orifício, até que sobre apenas o suficiente para dar três ou quatro voltas na tarraxa.
  • Segure a corda e dê uma volta na tarraxa (para a direita na três cordas de cima e esquerda nas três de baixo), passando a corda por cima da ponta que sobrou do outro lado. Depois dê outra volta no mesmo sentido, mas desta vez passe a corda por baixo da sobra. Isto serve para “travar” a corda, de modo que não ceda ao ser afinada.
  • Segurando a corda junto à pestana, dentro de sua ranhura, enrole-a girando a tarraxa, mas somente até que permaneça em seu lugar. Não leve até o ponto de afinação.
  • Uma vez todas as cordas instaladas, proceda à afinação.
  • Veja nas duas figuras abaixo como dar as duas voltas sobre a tarraxa, para “travar” a corda.


    Acordes de violão

    Uma volta por cima


    Acordes de violão

    outra volta por baixo


    Para afinar o violão, leia este artigo


    Para regular o violão leia este artigo


    Share Button

    63 Comentarios

    1. Guilherme says:

      meu violao é folk folq sei lá alguma coisa asim e é muito defidil!

      • Bruno says:

        Olá Guilherme. No começo tudo é difícil. Seja cuidadoso e perseverante que você chega lá. Procure ajuda com algum amigo que lhe possa orientar. Não desista. Abraço.

    2. Samuel Sousa says:

      cara eu quero saber se eu posso deixar o violão sempre afinado,porque eu tenho medo cavalete arrebentar.

      • Bruno says:

        Olá Samuel. Deixar o violão afinado é normal. O cavalete quebrar por este motivo não é normal. Eu já vi cavalete descolar do corpo do violão, devido ao excesso de calor. Mas não devido à afinação. Pode deixar afinado. Um grande abraço.

    3. Samuel Sousa says:

      sim meu violão é um hofmam valeu

    4. Luiz Garrido Filho says:

      Uma dúvida que eu sempre tenho é se eu corto as pontas da corda de aço ou as deixo enroladas, nunca sei o que é mais perigoso. Existe alguma coisa para colocar nas pontas? Tipo aquelas “tampinhas” que se coloca em cabos de aço de bicicleta?

      Parabéns pelo site! E obrigado pela ajuda.

      • Bruno says:

        Olá Luiz. Eu costumo cortar as cordas e fazer uma pequena dobra na ponta, com um alicate de bico. De maneira que a ponta (que pode machucar) fique virada para baixo. Assim não há perigo de furar ou cortar dedo ou a mão. Grande abraço.

    5. Luiz Garrido Filho says:

      Boa idéia, nunca tinha pensado nisso. Vou vou se compro um alicate de bico hoje, ou dou um jeito de dobrar. Eu estava colocando um pedaço pequeno de fita adesiva.

    6. Léo Di Sá says:

      Olá Bruno, parabéns pelo blog, muito bom mesmo. tenho uma dúvida, comprei um violão fender cd 140 sce e me parece ser um bom violão (é o primeiro),gostaria de dar um up grade nele e estou pensando em colocar as cordas 0.12 pq me disseram que o som vai melhorar ainda mais. isso procede? tem alguma recomendação especial para esse tipo de corda uma vez que quero um som bem encorpado?
      antecipadamente te agradeço. abç.
      Léo Di Sá, DF

      • Bruno says:

        Olá Léo. Vai haver uma diferença sim. Mas não é uma “coisa do outro mundo”. É sutil. Lembre-se que você vai precisar regular o violão. As cordas de maior calibre vão exercer mais pressão sobre o braço do violão. Leia o artigo Regulagem de violão e saberá melhor. Abraço.

    7. Léo Di Sá says:

      Olá Bruno, fiz a troca das cordas e a regulagem do braço. Também fiz a troca do rastilho e da pestana por peças em osso. Com relação as cordas não percebí a diferença não e sinseramente acho que perdeu até um pouco do brilho em relação as anteriores. O luthier me disse que é por causa da marca, as que estavam eram 0.11 Elixir e coloquei 0.12 Ernie ball. Vou tentar colocar as da Elixir pra ver se melhora o som que ficou muito metálico. Se puder me dar alguma dica te agradeço.
      gde abç.
      Léo.

    8. ronaldo says:

      eu sou novo por aqui e tenho uma duvida meu violaõ e um giannini de naylon mais ele tem tensor ai eu posso por cordas de aço?

      • Bruno says:

        Ola Ronaldo. Não coloque cordas de aço num violão que é feito para cordas de nylon. Não é somente pela tensão. As próprias tarraxas são diferentes. Um abraço.

    9. Luciano says:

      Fala gelera, sou iniciante, minhas cordas tem acabamento de chenille. posso colocar a corda normalmente como no video ?

      • Bruno says:

        Ola, Luciano. Veja na embalagem se há alguma instrução especial. Porém, acredito que não há problema. A instalação é normal. Um abraço.

    10. bernardo says:

      Po, meu violão é um Eagle Ch-888, arrebentou a mizinha e eu nao sei trocar. Voce deve pensar, que burro, mas é que po Ele tem uma bolinha no cavalhete e um amigo falou que tinha que usar uma chave ae pra tirar a bolinha, que chave é essa? Como trocar?

      • Bruno says:

        Ola Bernardo. Aquela bolinha é a ponta de um pino que segura a corda. Você pode puxar o pino para cima até mesmo “na unha’, mas às vezes fica um pouco duro. Qualquer coisa como um alicate pequeno, uma faca de manteiga, ou uma chave de fenda pode servir para puxar o pino para cima. Mas coloque sempre um pedaço de tecido junto à ponte, para não danificar a madeira. Um abraço.

    11. Math says:

      Olá amigo..sou mt leigo em trocar corda de violao…de guitarra eu msm troco..mais do violao..seguinte..comprei uma com tubete hj..eu sei q eh mt mais facil..mais to tendo dificuldade..pq o tubete fica levantado..como se nao tivesse bem presa..se tiver como me ajudar..agradeço

      • Bruno says:

        Olá Math. Ao que me consta, o laço tubete apenas elimina o trabalho de fazer você mesmo o laço, nas cordas mais grossas. Basta passar a corda na ponte inserindo-a na parte de trás e depois passar a ponta por dentro do tubete. Um abraço.

    12. nelise says:

      ganhei um memphis ac40 de presente, mas as cordas são de aço, quero trocar por nylon, mas não ficam fixas nos pinos..tem como vc me dar alguma dica para fixá-las?
      obrigada.

      • Bruno says:

        Olá Nelise. Você não deveria fazer isso. Aço e nylon não se bicam. Se o violão é feito para cordas de aço, aço nele. Nos violões para cordas de nylon a fixação das cordas é bastante diferente. Justamente para não haver o problema que você está passando. Um abraço.

    13. jhonny says:

      Ola Bruno, tenho uma duvida q ta me encomodando muito, eu comprei um violao Giannini preto, ele é Nylon, e tem tensor, eu queria saber se posso colocar algum outro tipo de corda alem de nylon, eu queria aço mas pode danificar meu instrumento, entao nao vou colocar aço.
      Obrigado

      • Bruno says:

        Olá Johnny. Você mesmo já respondeu. É melhor não colocar cordas de aço. Você pode escolher qualquer marca e tipo de corda, desde seja de nylon. Um abraço.

    14. THIAGO says:

      MUITO BOM TEU SITE, NOTA 10.
      VÍDEO AULAS AJUDAM MUITO, PRA QUEM É INICIANTE.
      PARABÉNS.

    15. sérgio alves says:

      Olá amigo, primeiramente nota 10 pelo site…
      Bom eu sou meio amador em trocar cordas no violão e estou com uma pequena dúvida: empre pedia para o meu irmão mais velho colocar cordas no meu violão quando arrebenta uma, e dessa vez decidi eu trocar..
      meu violão é tagima montana acoustic de aço..
      arrebentou a mizinha, só q eugostaria de tocar um pouco com corda de nylon…
      mas para colocar na tarraxa q é de pininho, a corda solta depois q eu encaixo o pino..
      ela não vem com bolinha igual as de aço..
      tem uma maneira de dar um nó pra fixar as cordas de nylon ou meu violão é somente para cordas de aço???
      pq se eu colocar as de aço, é barbada, só prender a corda com a bolinha dentro do pino, mas as de nylon vem soltas :(

      • Bruno says:

        Olá Sérgio. Antes de pensar em soluções mirabolantes para este problema, tenha em mente o seguinte: seu violão foi feito para utilizar cordas de aço. Então, não é recomendável colocar cordas de nylon. E vice-versa. Você mesmo está vendo o problema que é isso. Além disso, vai haver uma grande diferença de tensão no braço. As cordas de nylon vão exercer menos tensão. Enfim, o que quero dizer é o seguinte: não faça isso. É melhor fazer um pequeno esforço extra e comprar um violão para cordas de nylon. Um grande abraço.

    16. thiago says:

      amigo tenho um violão tagima dallas de aço eu posso colocar corda de nylon nele

      • Bruno says:

        Olá Thiago. Não é recomendável colocar cordas de nylon em violões feitos para cordas de aço e vice-versa. No caso, você terá problemas para fixar as cordas e problemas de afinação, além da regulagem do tensor. Um abraço.

    17. Rodrigo Fernandes says:

      Olá, seu site tá de parabéns! Tirei muitas dúvidas aqui!
      Comprei um violão Giannini GCX15 de Nylon. Ele ainda está pra chegar. No site onde eu comprei, não dizia a espessura da corda. Você que já um cara um pouco mais experiente no assunto, sabe qual é a espessura das cordas deste violão? Se sim, posso botar uma espessura maior nele? Se colocar uma espessura maior nele o que muda? Sou iniciante, tenho muitas dúvidas, desde já agradeço a colaboração!

      • Bruno says:

        Olá Rodrigo. Vá com calma. Deixe o violão chegar e experimente primeiro. Você pode acabar descobrindo que gosta mesmo é das cordas originais. Eu não sei o calibre, mas pegue leve. Dia destes houve um caso semelhante, e a pessoa se arrependeu de trocar as cordas. Se for trocar por cordas de calibre diferente, é necessário regular o tensor. Um abraço.

    18. Rodrigo Fernandes says:

      esqueci de dizer que a série é SonicX, acústico para estudo

    19. Diana says:

      Oi, eu tenho um violao de nylon da michael e eu to com uma duvida que ta me matando. Se eu trocar as cordas do violao por cordas com uma tensao maior ele empena? é porque as minhas cordas estavam oxidadas demais ai eu troquei por cordas com tensao extra pesada e nao quero extragar o violao.O violoa e um VM60

      • Bruno says:

        Olá Diana. Só não troque por cordas de aço. Se o violão é para cordas de nylon, nylon nele. Não há problema com a diferença de calibre, quanto a estragar o violão, fique tranquila. Mas seria melhor regular o violão. Um abraço.

    20. rildo júnior says:

      Kra meu irmão tem um violão que sustenta aço e nylon(quanto na tensão com nas tarraxas) só que a origem dele eh nylon ele já trocou há uns 5 anos e nunca deu prol. meu violão(menphis tagima AC-60EQ) eh igual ao dele posso trocar??

      • Bruno says:

        Olá Rildo. Seu violão foi feito para usar cordas de nylon. Não é aconselhável colocar cordas de aço. O braço provavelmente deve suportar a pressão, mas o sistema de tarraxas não é adequado. Seria melhor fazer um pequeno esforço e comprar um violão para cordas de aço. Um grande abraço.

    21. Leonardo Costa says:

      Fala Bruno, muito bom o seu site. Tenho uma dúvida: Tenho um violão crafter HTC24EQ Elétrico, que é de cordas de aço, muito parecido com o modelo APX da yamaha. Estou querendo comprar um violão folk, mas não queria ficar com dois violões de aço. Com isso, estava pensando em colocar nylon no meu crafter. Será que teria algum problema de perda de sonoridade. Eu teria que mandar regulá-lo?

      Abraços,

      • Bruno says:

        Olá Leonardo. Infelizmente, não é recomendável colocar cordas de nylon num violão feito para cordas de aço. Repare nos pinos que seguram as cordas em seu violão. As cordas de nylon não vão ficar bem seguras ali, podendo até mesmo escorregar, “pulando” fora do pino. A economia neste caso traria um mau funcionamento do violão. Se você realmente quer um violão com encordoamento de nylon, deveria comprar um. Eu sei que talvez economicamente seja difícil, mas é a melhor opção. Talvez você consiga trocar este violão por um de nylon, algo assim. Um grande abraço.

    22. ola estou com um serio problema de corda aqui e gostaria de ajuda:
      tenho um violao folk com cordas de aço
      porem a corda mizinha quebra frequentemente
      um detalhe e que eu fui obrigado a colocar corda com laço chenille da rouxinol-pois e a unica que vende aqui em minha cidade
      gostaria de saber se caso eu coloque corda com bolinha o problema se resolvera
      mais um detalhe e que toco com palheta o que concerteza aumenta a pressao sobre as cordas
      porem toco como palheta bem fininha-0.50 ou 0.75 normalmente e 0.50
      a palheta que toco e a que vem de brinde na compra das cordas
      gostaria de saber se pode ser a palheta pois ouvi dizer que pra tocar violoes folk com palhetas o correto e comprar um thin ou mediun
      por fim um detalhe que notei: apos a corda arrebenta percebi que ele sentiu muito a pressao-ou seja a ponta possui um laçinho normalmente entra pra dentro do chenille
      estou um resposta urgente pra tentar solucionar esse problema

      • Bruno says:

        Olá Haydenson. Provavelmente é o tipo de corda mesmo. Mas dê uma revisada no violão, na ponte e tarraxas. Quando comprar um encordoamento novo, verifique cada corda à procura de defeitos. Pode ser uma remessa que saiu com problema. Mas Rouxinol é uma marca já antiga, creio que não deveria haver problema. Outra coisa: você afina o violão no diapasão? Se estiver afinando acima do diapasão pode ser este o problema. Um abraço.

    23. haydenson says:

      ola gostaria que me ajudassem a resolver o seguinte problema:

      tenho um violao folk cordas de aço
      e a mizinha depois de um tempo sempre arrebenta
      um detalhe e que uso cordas rouxinol com laço chenille-a unica que vende aqui onde moro
      gostaria de saber se pode ser isso uma vez que o mais recomendo pra esse violao e cordas com bolinha e nao com laço
      outro detalhe e que toco com palheta-uso a que veio com as cordas 0.50 e 0.75 normalmente uso 0.50
      gostaria de saber tambem se pode ser a palheta pois ouvi dizer que o mais recomendado e tocar com palheta thin ou mediun
      estou no aguardo pra solucionar o meu problema o mais rapido possivel

    24. haydenson says:

      ola
      nao consigo postar meus comentários-posto e eles nao aparecem
      aguardo soluçao

      • Bruno says:

        Olá Haydenson. É que comentários precisam ser aprovados. Agora já estão liberados. Abraço.

    25. haydenson says:

      ola o violao é novo e nao encontrei nenhum defeito quando o olhei
      quanto a afinaçao eu uso o afinador que vem embutido nele
      quanto a corda troquei ja faz um tempo e por enquanto nao estourou-e verdade que estou tocando menos mais vamos ver o que vai dar
      quanto as marcas de cordas vc recomenda alguma?
      é verdade que algumas como dadario, elixir tem um timbre melhor em relaçao a outras mais baratas?
      vc ja ouviu falar da corda da marca austin? ela é boa
      e quanto as palhetas?
      elas podem fazer com que as cordas se quebrem se eu usar uma espessura muito grossa tipo 1.0 ou coloque muita força na mao?

      espero as respostas

      valeu

    26. Márcio Matos says:

      Olá Bruno, tenho um violão de nylon e sem saber comprei cordas de aço e tentei colocar (primeira vez q eu trocava as cordas), e pelos problemas q tive nunk mais repito o erro! mas queria saber se existe corda de nylon com akelas bolinhas na ponta. é que facilitaria tanto!
      parabens pelo site.

      • Bruno says:

        Olá Márcio. Até onde me chega o conhecimento, não existem cordas de nylon com aquelas bolinhas. Acredito que devido à flexibilidade do nylon, o sistema não deve funcionar. Mas de uma coisa você pode estar certo: você não é o único que tem este desejo. Trocar cordas de nylon é um saco mesmo. Compartilho do teu sentimento. Mas o negócio é encarar a briga. Um grande abraço.

    27. diéssica barbosa says:

      ooi,eu não sei nada sobre violão,mas estou aprendendo.a corda mais fininha do meu violão arrebentou,daí meu cunhado afinou(eu axu)umas 4 cordas e arrebentou uma.daí meus pais foram comprar mais cordas,e compraram as 3 de cima de aço e as 3 de baixo de naylon,a minha pergunta é…pode colocar naylon e aço juntos??
      para quem estiver afim de me mandar algumas dicas sobre violão,deixo meu e-mail: 15abril97@gmail.com
      desdejá,lhes agradeço!

      • Bruno says:

        Olá Diéssica. Você não especificou se o violão é para cordas de aço ou nylon. Mas as cordas que compraram, se vieram todas juntas, num encordoamento só, devem ser todas de nylon. É que as três cordas mais grossas são revestidas, ficando parecidas com as de aço. Eu creio que é isto que ocorreu. Um abraço.

    28. diéssica barbosa says:

      ah,agora eu entendi,foi isso mesmo que aconteceu,mas eu não sei se o violão é para cordas de aço ou de naylon!eu tenho mais uma perguntinha…é normal alguma corda arrebentar quando estamos afinando o violão??

    29. Andressa says:

      Olá! Bom, arrebentei as cordas do meu violão Giannini e sempre troquei as cordas fazendo um laço no final normalmente. Desta vez, (não sei se me enganei) comprei (por engano) cordas com bolinhas na ponta (aquelas coloridas) só que elas não passam pelo furinho, e não tem como levanta-las. Posso cortar o final da corda (para retirar as bolinhas) e passar o fio normalmente? Há outra solução? Obrigado!

      • Bruno says:

        Olá Andressa. Não entendi bem como as cordas não passam pelo furo, mas creio que você pode sim, cortar rente às bolinhas e fazer o laço como sempre fez. Um abraço.

    30. Jéssica says:

      Bom dia!

      adorei o seu site, mas minha duvida é: tenho um violão folk, e to com muitaaa dificuldade de colocar a E, pois não tinha costume de trocar cordas com aquelas tarraxas embaixo…
      eu visualisei um jeito, so q não é possivel sô rsrsrs. tem que ter um jeito mais facil.. eu tenho q tentar ficar achando o buraquinho pra encaixar a corda, mas o chato é que eu não to vendo o buraco…
      se tiver um jeito mais facil por favor me conte, o mais urgente possivel!!!!!!!!!!!

      • Bruno says:

        Olá Jéssica. Não entendi direito. Você não acha o furo no cavalete ou na tarraxa? De qualquer maneira, o furo está aí mesmo, rerere. Se for o da tarraxa, vá virando até localizar. Não há outra maneira de colocar as cordas. Um abraço.

    31. Guilherme C. Souza says:

      Ai moço, ta de parabéns pelo site. Eu tenho alguma experiencia
      sempre troquei as cordas do meu violão, mas derrepente me vi numa situação dificil.
      Meu violão é um folk (aço) e arrebentou a 2ª corda, porém a unica corda que tenho a disposição é uma de aço, porém com laço, como as de nylon, existe alguma maneira (segura) de colocar a corna do meu violão(pininho)

      desde ja agradeço!!

      • Bruno says:

        Olá Guilherme. Isso aí geralmente não dá certo. O nylon é muito escorregadio. Tente comprar um encordoamento novo. Um abraço.

    32. Arthur Brazuka says:

      Boa noite Bruno, cara não sei ao certo o que aconteceu, sou iniciante e comprei um violao elétrico de aço da marca Austin (Folk), de inicio o som no amplificador funcionava normalmente, aconselhado por amigos troquei as cordas para 0,9 mm por causa da dor nos dedos (acho que é esta milimitragem, sei que é a menos dolorida..rs), porém não sai som no amplificador, troquei a bateria, aumentei o volume, verifiquei o cabo em um microfone e funcionou, dei uma olhada nos fios mas aparentemente nada solto… a troca das cordas tem algo a ver com o captador ou os fios que ligam na ponte? ou meu Jack que pode ter queimado mesmo? o afinador digital funciona normalmente….. o violão tem pouco mais de 3 meses de uso…

      • Bruno says:

        Olá Arthur. Não vejo como as cordas possam ter influenciado na saída de som. Verifique todos os componentes externos, cabo, amplificador (veja se funciona com outro instrumento). Se externamente tudo estiver certo, deve haver algum problema no violão. Como é novo, talvez você possa trocar, ou mandar consertar na garantia. Um abraço.

    33. Manoel Rodrigues says:

      Bruno
      Bom Dia.

      Por Favor me esclareça uma Duvida!! meu violão é de acordamento de Nylon, sempre me pergunto referente ao acondamento, pois as cordas sempre tem duas pontas, uma mais fina e outra mais grossa, por favor me diga qual ponta vai no rastilho e qual vai na tarraxa?

      Obrigado!

      • Bruno says:

        Olá Manoel. Aquela ponta mais fina vai na mão do violão, para ser cortada depois. Abraço.

    34. ton says:

      Esse video é show, eu troquei as cordas e ficou super desafianado, ja estava preocupo. Só tenho aula uma vez por semana e preciso treinar! grato

    35. Matheus says:

      Olá Bruno,

      Na última vez que troquei as cordas do meu violão a corda Sol arrebentou. Já é a segunda vez que isso acontece. Li que não é muito comum que esta corda arrebente num violão de cordas de aço. Nesta troca, substituí cordas de calibre 0.10 por de 0.11. Será que este é o motivo? Acredito também que a tarracha esteja cortando a corda (as do meu violão são semelhantes as da foto que ilustram esta página do seu blog). Gostaria de saber a sua opinião.
      Um grande abraço!

      • Bruno says:

        Olá Matheus. É difícil dizer. Procure fazer uma manutenção/limpeza geral no violão. Experimente também trocar a marca das cordas. Verifique se a corda quebra sempre no mesmo ponto. E afine sempre no diapasão. A troca por um calibre maior não deveria ser problema, mas seria correto regular o tensor. Um abraço.