Tocando violão com Bemol e sustenido


Share Button

Lá para os idos dos anos setentas, quando começava a querer maltratar os ouvidos alheios com um violãozinho velho, não havia muito recurso. Nem existia o termo internet. A coisa era no livrinho, método.

Como os métodos eram todos muito sérios, cheios de pompa, a molecada fugia disso. Então sobravam as revistas, tipo violão-guitarra, com as músicas cifradas. Menos mal, já existiam as cifras…

E assim eu ia me virando. Dinheiro para pagar uma escola, cadê? Então ia tocando violão do meu jeito.


Saindo fora do acidente

ACCIDENT.jpg

Uma das coisas que me lembro, era que sempre dava uma folheada na revista antes de comprar. Para ver se tinha alguma música interessante. E também verificar se as músicas tinham acordes fáceis e não tinham aqueles negócios “b” e “#” perto dos acordes. Aquilo atrapalhava demais!

Eu olhava para a cifra de alguma música e via lá no meio algo como Bb. Qué qué isso? Parecia que o caboclo tinha errado na hora de colocar o acorde. Aparecia alguma música – por exemplo – com D G e A, beleza! Essa é fácil! Nada de Bb nem F#!

Que foi que houve? Está identificando-se? Está correndo fora do acidente também? Não faça isso. Leia este artigo até o final e poderá sair tocando violão com bemol, sustenido e mais o acidente que quiser aparecer em sua frente.

Bemol (b) e sustenido (#)

Estes dois caras aí, são chamados de acidentes. É verdade… acidentes musicais. Mas não são maus. O nome é zoado, mas eles são legais.

Para entender a função do bemol e do sustenido, vamos pegar o braço do seu violão. Logo no começo, ali nas três primeira casas, sexta corda:

Sexta corda, primeira casa = F

Sexta corda, segunda casa = F# ou Gb

Sexta corda, terceira casa = G

Vamos ilustrar com acordes:

F.JPG

FsustGb.JPGG.JPG

F                                                  F# ou Gb                                   G

As casas do violão avançam de meio em meio tom. Ou seja:

- Da primeira para a segunda casa, obteremos uma nota meio tom acima (mais agudo).

- Da primeira para a terceira casa, obteremos uma nota um tom acima (mais agudo).

A função do bemol e sustenido é representar o meio tom (diminuir ou aumentar a nota ou acorde em meio tom). Como você viu no exemplo, sem contar os acidentes (bemol e sustenido) temos apenas duas notas: F e G.

Portanto, para representar a nota da segunda casa, precisamos de um sinal qualquer. Poderia ser X, Y, qualquer coisa. Mas os sinais são b (bemol) e # (sustenido).

O bemol ao lado da nota ou acorde, significa que aquela nota (ou acorde) será diminuída em meio tom (abaixo, mais grave, para trás nas casas do violão).

O sustenido, ao contrário, significa que aquela nota (ou acorde) será aumentada em meio tom (acima, mais agudo, para frente nas casas do violão).

Retomemos o exemplo:

1) Sexta corda, primeira casa = F – onde se localiza F#?

Resposta: Meio tom acima, uma casa adiante. Segunda casa.

2) Sexta corda, terceira casa = G – onde se localiza Gb?

Resposta: Meio tom abaixo, uma casa para trás. Segunda casa.

Bem, temos então na sexta corda, segunda casa duas notas diferentes? Sim e não.

Na prática F# e Gb são exatamente a mesma nota, mesma altura, mesmo som, é claro. Se estamos tocando na mesma casa!

A diferença – teoricamente falando – está na escala. Dependendo da escala, escreve-se F# ou Gb.

Entretanto, em termos práticos, como por exemplo acordes cifrados, podemos usar somente o sustenido. Em muitos sites e revistas de música isto é feito. Outros preferem seguir a teoria correta e colocar o bemol onde o mesmo é requerido. Entretanto o acorde será o mesmo.

Agora, tocando violão sem correr do acidente

Muito bem, e onde você fica nisso tudo? Fácil, no violão. Sustenido, uma casa para frente. Bemol, uma casa para trás. Fim de papo. Se você sabe os acordes naturais, já sabe onde estão os sustenidos e bemóis.

Há um porém. Ai, ai, ai… sempre há um porém, entrentato, contudo ou todavia, não é?

Seguinte: no caso dos acordes (estamos falando de acordes, certo?) todas as cordas deverão ir uma casa adiante (sustenido) ou uma casa para trás (bemol).

D.JPG

D sust errado.JPG

À esquerda: D

À direita D uma casa adiante não faz um D#, porque as demais cordas permanecem soltas.

Ou seja, com acordes que deixam cordas soltas, não se pode simplesmente mudar as três ou quatro cordas que estão sendo apertadas para frente ou para trás. É o caso – por exemplo – daqueles primeiros acordes que todos aprendem: A, E, D, C, G.

Para compreender isto, faça todos os acordes com pestana e mude-os para a frente (#) ou para trás (b). Exemplo: o acorde A feito com pestana à quinta casa. O mesmo desenho, pestana à quarta casa = Ab ou G#. Mesma coisa, pestana à sexta casa = A# ou Bb (olha ele aí…).

Mais uma historinha. Lá nos idos (já sabe…), após já saber alguma coisa, pelo menos os acordes naturais, com sétima e já também sem fugir dos acidentes, resolvi entrar numa escola, para ver se aprendia mais (fugi da escola alguns meses depois).

O professor, no primeiro dia de aula, queria fazer uma avaliação, ver o que eu sabia. Foi pedindo para fazer acordes e eu fui fazendo. A determinada altura, pediu para fazer um A com pestana. Eu fiz. Então pediu para fazer um A#. Andei uma casa para diante. Em seguida pediu um Bb. Olhei para ele e deixei a mão no mesmo lugar. Rá! Se lascou! Pensou que eu ia tirar a mão para procurar o acorde que já estava feito!

Portanto, se você andava tentando safar-se dos acidentes, já não tem mais motivo. Acidente musical não é ruim, é bom.

Você pode querer ver também:

Transporte de tonalidade

Acordes em posições diferentes


Share Button

74 Comentarios

  1. karine says:

    adorei,me ajudou muito

    • Bruno says:

      Olá, Karine. Bom que você gostou. Fique plugada que de onde saiu este tem mais…

  2. yanca says:

    Eu queria saber como era as bemol menor com setima mai seu ano achei.
    Então isto ano me ajudou em nada.Mais eu preciso desses acordes até segunda-feira que vem vocês pode me ajudar

    • Bruno says:

      Ola Yanca. Quer localizar acordes com bemol? Clique no link a seguir: http://www.cifras.com.br/dicionario/ . Você acha qualquer acorde, basta digitar o nome. Por exemplo Ab7 (lá bemol com sétima). Boa sorte e um abraço.

    • leotxt says:

      olha as notas com sétima olha no cifras.com.br lá vc ve como que é só coloca a seta do mouse em cima do acorde que vc vai saber é facil!!!!!

      • Bruno says:

        Legal, Leo. mas estudar um pouco não faz mal a ninguém. Seja pelo cifras.com.br , aqui ou em outro lugar de qualidade. O site do cifras é muito bom mesmo. Um abraço.

  3. tallison pereira says:

    Olá Bruno. Muito boa esta explicação… você manja bastante de escalas de blues? Se tiver algo sobre isso me envie por gentileza no e-mail: tallison_tavares@hotmail.com
    forte abraço.

  4. rebecca says:

    me ajudou muuito

    muitoo obrigrada

  5. lalinha says:

    adorei,me ajudou muito mesmo….
    eu amo tocar violão e com essas explicações eu vou além valeu mesmo!!

    • Bruno says:

      Oi, Lalinha. Espero que vá além mesmo. Fique firme nos estudos e volte por aqui sempre. Grande abraço.

  6. Chris :) says:

    Puxa vida! Ri demais aqui com essa matéria! hahahaha!
    Parece a minha história e acho que a de todos nós quando começamos a tocar violão, né? rs
    Na verdade, eu tinha começado a tocar violão mas aí desanimei, deu preguiça e não encontrei ninguém que explicasse com tanta clareza assim! e agora, me animei e to de volta na estrada!:D Muito obrigada por nos ajudar, viu?
    Deus te abençõe muito! :)
    Muito obrigada. =D

    • Bruno says:

      Olá Chris. Deus abençoe você também. Não tem o que agradecer. Aproveite o máximo que puder, aprenda o que for possível. Grande abraço.

  7. Gabriel says:

    pôo….tocar violão acaba ficando fácil com essas explicações, me ajudou pakas nesse lance de “bemol” e “sustenido” …….valeu mesmo …abraço !!

  8. leonardo says:

    eu queria saber qual é as notas que vem depois das bemois e sustenidas….

  9. Joel B Mascarenhas says:

    Tudo bem?Gostei do seu site sobre acordes. Mas queria fazer uma correção. Pelo q vi na foto sobre os acordes B e b7 foram ffeitos errados. Apenas quero cooperar. Pode ser q distrairam na hora de digitar. Mas parabéns pela sua explicação. Valeu!! Um abraço!

    • Bruno says:

      Olá Joel. Agradeço a colaboração. Creio que você fala da página Fotos de acordes. Os acordes naquela página (galeria) estão corretos. O acorde B é mostrado sem pestana e se parece com um E, mas não é. Se for em outro post ou página, por favor, mencione. Um grande abraço.

  10. gabi says:

    Tudo bem? Eu queria fazer uma pergunta:
    O que significa notas como f#m, o que significa o “m”?

    • Bruno says:

      Olá Gabi. O “m” significa menor. F#m = fá sustenido menor. F# = fá sustenido maior. Um abraço.

  11. Junior says:

    Oieee tudo bem olha eu não entendi muito essa historia de sustenido e benol!!!EU COMECEI a praticar a pouco tempo,mais uns 1 mês e meio…me ajuda porfavor!!!me explica porfavor.

    • Bruno says:

      Olá Junior. Um mês e meio é pouco ainda, não se apresse. Leia os artigos do blog indicados mais para iniciantes. Procure conhecer primeiro o instrumento, os primeiros acordes, ritmos. Não se preocupe muito com sustenidos e bemóis por enquanto. Você vai ver que em pouco tempo entenderá muito mais que isso. Um grande abraço.

  12. Filipe Brito says:

    ta de Parabens sua explicação ,
    to fazendo aula e meu professor ,explico
    mais nem deu pra pegar direito rsrs

    ja com vc foi mais esclarecido ; )

    com o tempo acaba que fica automatico ne?,pra
    saber ,ver na cifra o bemol e o # e fazer tranquilo.

    Quanto tempo se leva mais ou menos?

    Brigadão vo praticar aqui
    Deus te abençõee ;D

    • Bruno says:

      Olá Filipe. Quanto tempo leva para cada um aprender? Não importa muito. O que importa é aprender a coisa certa. Cada coisa certa que você faz, ponto a seu favor. Coisas boas levam tempo para ser aprendidas. Mas valem a pena. Um grande abraço.

  13. Letí says:

    Poxa, você está de parabéns! Me ajudou muito. Venho aprendendo a tocar violão a apenas 2 meses, estou tendo um pouco de dificuldade, mas não vou desistir. Sempre tive muita vontade de aprender. Ah, muito obrigada viu, rs… Que Deus lhe abençoe! =]

    • Bruno says:

      Olá Letí. Deus abençoe você também. E que você consiga aprender violão. Um grande abraço.

  14. osvaldo belini says:

    uf, nâo sabia o que fazer para intender sobre bemol e sustenido, que alivio, agora intendi tudo; agradecido.

  15. patrícia says:

    eu sou burra ou sei lá, não consigo entender cara
    meu xuxu
    onte tive minha primeira aula de violão, eu já toco mas não sei oq faço
    ai meu prof tentou me explicar 5 vezes oq é tom tom tom semitom tom tom tom
    ai tipo
    por fim, eu não entendia pq as vezes fazia sequencia de notas ou sequencia de notas sustenidas

    me da um help please

    • Bruno says:

      Olá Patrícia. O que o professor estava explicando, provavelmente é a escala de cada tonalidade. Consulte outros artigos no blog, sobre escalas , tonalidades, acordes relativos. Você pode também inscrever-se no boletim acordes e receberá a apostila Acordes em sequencia. Um grande abraço.

  16. alessandra says:

    uma porcaria

  17. Evinha says:

    Olá! Parabéns! Adorei sua explicação! Estou fazendo aula de violão ha um mes e estou amando, e hje tive a primeira aula sobre bemol e sustenido.
    Putz! Saí da aula com dúvidas ainda, e olha que meu professor explicou muito bem, mas eu que achei complicadinho mesmo.
    E agora lendo essa sua materia,além de rir muito vi que não é tão difícil, ja está bem claro p mim.
    Amei….valeu amigo!
    Adoro violão e quero muito aprender a tocar direitinho.
    Em breve voltarei pra dizer que ja estou bem craque…vai ver…rs.
    Abração!

  18. Pedro Henrique says:

    Poxa, parabéns! Eu estou aprendendo violão e não sabia onde se localizavam as notas bemóis! Muito obrigado, e parabéns pelo site. Me ajudou muito. Valeu, um abraço!

    • Bruno says:

      Valeu Pedro. Obrigado pelo comentário. Um grande abraço.

      • Pedro Henrique says:

        Vcs têm algum artigo sobre diminutas? Se tiver me indique, por favor. Eu tô precisando e quero aprender, só pra aumentar o meu conhecimento! Desde já, agradeço.

  19. Adriano Oliveira says:

    tentei me inscrever pra receber as apostilas,
    mais apareceu isso:Sorry. Error 404: Page Not Found

    • Adriano Oliveira says:

      *correção ja recebi as apostilas,
      gostei muito do blog vo continuar acompanhando
      vlw,abraço…

    • Bruno says:

      Olá Adriano. Acabo de testar o formulário e está tudo certo. Tente novamente. É o formulário que aparece popup na página home, ou o formulário grande na barra direita. Veja se não está colocando o email errado. um abraço.

  20. Alexandre says:

    Adorei!! Bruno, um Grande Abraço e Parabéns pela Aula e pelas Excelentes Explicações!!! Muito obrigado por dividir, com competência e responsabilidade, mas acima de tudo, com humildade, generosidade e sabedoria, os seus conhecimentos.. Deus o recompense, abençoe, proteja e guie sempre!!!
    Um Grande Abraço a todos que passaram e estão passando por aqui agora,

    Alexandre

    • Bruno says:

      Olá Alexandre. Você me deixou até sem jeito agora, rerere. Muito obrigado pela visita e pelos entusiásticos elogios. Deus o abençoe também. Um grande abraço.

  21. muito bom, agora entendi o que o prof tentava dizer, com as enrolaçoes dele

    • Bruno says:

      Olá Adriano. Pode ser que o professor não tenha se expressado bem. Acontece. Um grande abraço.

  22. João Vitor says:

    Isso eu já sabia, mas o site é ótimo ! muito bom !
    Consegui aprender uma coisinha ou outra aqui…
    Valeeu, continue assim !

  23. Antonio silvestre says:

    Obrigado,obtive as respostas para minhas perguntas e
    também gostei da sua história introdutiva.

  24. ellen beatriz says:

    eu queria saber um site que tivesse as notas bemois e sustenidas de modo representado em figura.
    mais eu tô com uma dúvida bemois e sustenidas são dois tipos de notas diferentes certo?então elas são separadas então eu queria as figuras representativas das bemois e das sustenidas separadas. brigada!!!!!

    • Bruno says:

      Olá Ellen. Para que você tenha uma idéia: F# = Gb, ou seja, a mesma nota recebe dois nomes diferentes. Um abraço.

  25. Stayce says:

    Muito bom, vou aderir esse site pra minhas pesquisas! =D

  26. Pedro Henrique says:

    Aí Bruno, vc tem algum arquivo sobre diminutas? Se tiver, me indica. Desde já agradeço.

    • Bruno says:

      Olá Pedro. é só seguir a regra: mantenha a tônica do acorde e as outras duas notas meio tom abaixo. Um abraço.

  27. geimison says:

    valeu, cara!!!
    me ajudou muito!!!

  28. Gabi says:

    Uma dúvida: se eu quiser fazer um ré bemol por exemplo a posição dos dedos será a mesma de um ré mas só que uma casa acima?

    • Bruno says:

      Olá Gabi. A posição é a mesma, mas bemol é uma casa para trás, ou seja indo em direção à mão do violão. Sustenido é para frente, indo em direção ao corpo do violão. Um abraço.

  29. marcos says:

    ola bruno tudo bem ? bom eu comecei a ter aulas de violao a tres meses , sou um pouco devagar pra pega o jeito de toca , mas to me dedicando o quanto, tenho uma duvida no sustenido , todas as notas com sustenido sao feitas com pestana ?

    • Bruno says:

      Olá Marcos. Vá com calma. Três meses é pouco tempo. Tenha paciencia, estude regularmente, pratique e verá que a cada mês vai ficando melhor. Em termos de acordes naturais, os primeiros que você precisa aprender, os acordes com sustenido (e bemol) são feitos com pestana sim. Basta você pensar que precisa trazer todas as notas uma casa adiante para fazer um acorde com sustenido e verá que não é possível fazer o acorde sem a pestana. Eventualmente, se você utilizar somente as quatro cordas do meio do violão (5,4,3,2) é possível fazer alguns acordes sustenidos sem pestana. Mas não se preocupe com isso agora. Treine suas primeiras músicas com acordes simples. Só com os acordes sem pestana é possível tocar milhares de músicas. Um grande abraço.

  30. natan says:

    gostei muito, muito mesmo… isso me ajudou muito. vlw!

  31. Pedro Henrique says:

    O que é a tônica de um acorde?

    • Bruno says:

      Olá Pedro. Tonica, em qualquer caso, é a nota principal. Por exemplo: a tonica de A (lá maior) é a nota A (lá), que dá nome ao acorde. Um abraço.

  32. santhiago passos says:

    ola bruno. a muito tempo eu toco por ouvido fazia acordes sustenidos e outros sem entender nada de teoria agora sei q vou decolar assim fica facil.obrigado e q deus abencoe