Shares

Garota tocando violão



ACORDES DE VIOLÃO
Aprenda muito mais sobre acordes agora mesmo...

________


Apostila Segredos do braço do violão  grátis! Entenda seu violão e toque melhor...

Peça a sua e faça o download agora mesmo!

Reserve agora!



Harmonia musical

MUSIC SHEET CT.png

Explicar técnicamente o que é harmonia musical, exige um espaço um pouco maior que este artigo. Portanto, vamos ao popular.

A grosso modo, podemos dizer que harmonia musical é a área musical que define a construção e a a ordem dos acordes dentro do sistema tonal.

Ou seja, quando você está tocando os acordes de uma determinada música, está fazendo a harmonia daquela música. Um acorde não é a harmonia e sim, faz parte da harmonia.

Explicando mais um pouco. Popularmente, sem entrar em detalhes técnico-teóricos profundos, podemos dizer que harmonia é o conjunto de acordes da música.

Portanto, se uma música possui os acordes D, Bm, G e A7, esta é a sua harmonia musical, ou somente a harmonia da música.

Até agora, você já sabe que se alguém lhe perguntar se sabe a harmonia de uma determinada música, estará se referindo aos acordes da mesma. Dããã…

Muito bem. E onde isto nos leva? Porque é que aqueles benditos acordes estão lá? Só porque o compositor decidiu que deveriam estar? Nada disso. O compositor não decidiu nada, por mais que alguns possam achar que sim, que foram eles que decidiram por este ou aquele acorde.

 

Campo harmônico

Acontece que qualquer música é feita numa determinada tonalidade. Esta tonalidade tem um campo harmônico. Eita! Agora o bicho pegou! É de comer isso aí? Peraí um pouquinho, que não é tão difícil assim.

Campo harmônico é o conjunto de acordes formados a partir das notas de uma escala. Se você já leu alguns dos artigos anteriores, como acordes relativos, com mais estas informações vai entender do que estou falando.

Tomemos por exemplo a escala de C (dó maior)

Grau 1 2 3 4 5 6 7
Nota C D E F G A B
Acorde C Dm Em F G Am Bdim
Menor ou maior + + + dim

Repare como cada nota da escala gerou um acorde. Todos estes acordes formam o campo harmônico daquela tonalidade. Na última linha, a regra para a formação dos acordes na escala maior. Onde se vê (+) o acorde sempre será maior e (-) sempre menor. o sétimo grau, sempre diminuto.

Obs: As regras para a escala menor são diferentes.

A partir daí, você sabe, em qualquer tonalidade, quais os acordes do campo harmônico. Ou seja, quais acordes podem fazer parte de uma música que se encontra naquela tonalidade.

Lembre-se, entretanto, que estes são os acordes básicos. Não se deixe confundir pelas variações, como acordes com sétima, nona e por aí afora. Por exemplo, uma sequencia assim (usando a escala de C):

C, G/B, Am7, Dm, F, G7

Está perfeitamente de acordo com o campo harmônico:

C, G, Am, Dm, F, G

Portanto, conforme foi dito anteriormente, a gente não decide que acorde colocar na música. Ou melhor, até decide, entre aqueles acordes que as regras da harmonia musical permitem.

Mais sobre harmonia musical

Talvez você não tenha reparado nisso. Porque os acordes do campo harmônico de uma determinada escala harmonizam a música cuja melodia está naquela escala? Ficou complicado? Mas não é, veja só:

  • As notas da melodia da música vêm da escala
  • Os acordes vêm do campo harmônico da escala

Até aí nada de novo, certo? Mas vá um pouco mais fundo e verá o real motivo da harmonia:

Os acordes do campo harmônico, com exceção do acorde diminuto, utilizam as mesmas notas daquela escala. Veja só:

Escala de C = C, D, E, F, G, A, Bdim

Notas dos acordes naturais (tríades)

Notas do acorde de C  = C, E, G

Notas do acorde Dm = D, F, A

Notas do acorde Em = E, G, B

Notas do acorde F = F, A, C

Notas do acorde G = G, B, D

Notas do acorde Am = A, C, E

Agora pense um pouco aí… não tem jeito disso não harmonizar, concorda? A melodia usa estas sete notas. Os acordes também. Isto é harmonia musical. Sem a menor dúvida.

Artigos relacionados:

Como cifrar uma música

Violão – acordes relativos

Comments are closed