Como afinar o violão


Share Button

AFINADOR.JPG

Creio que uma das primeiras coisas que se deve aprender, em termos de violão, é afinar. É possível tocar num violão desafinado, é claro, mas o prejudicado aí é o ouvido de quem está aprendendo.

O problema é que utilizando o violão sem afinar, o principiante não se acostuma com o som correto das cordas, causando uma “confusão” auditiva-cerebral (legal, inventei essa agora!).

Se você é – como eu – um simples mortal, sem ter nascido um gênio, com ouvido absoluto, trate de comprar um aparelhinho como o da foto acima. Um afinador eletrônico. Como você pode ver na imagem, ao soar a quinta corda solta do violão, o nosso amigo eletrônico aí “fincou” o seu ponteiro no meio e acendeu a luz verde. Prontinho, corda afinada!

Mas o fato de possuir um destes, não lhe dá o direito de não saber afinar o violão sem ele. Você pode – e deve – aprender a afinar seu instrumento de outra maneira.

Na falta de um tom de referência, utilize o ruído do som de linha de um telefone comum, que é um A (lá), correspondente à nota da quinta corda do violão. Por falar nisto, vamos às notas de todas as cordas:

CORDA NOTA
Sexta (mais grossa) Mi (E)
Quinta Lá (A)
Quarta Ré (D)
Terceira Sol (G)
Segunda Si (B)
Primeira (mais fina) Mi (E)

Como você já sabe, as cordas do violão são numeradas de baixo para cima. A primeira é mais fina, comumente chamada de “mizinho” e a a mais grossa é a sexta, por muitos chamada de “mizão”. Temos portanto duas cordas Mi (E), num violão corretamente afinado.

Muito bem, contando-se que não temos à disposição um afinador eletrônico, nem outro dispositivo que nos permita achar o tom correto para afinar o violão, recorremos ao tom do telefone (se você estiver no meio do mato, sem telefone nem nada, pra quê afinar o violão? Vá pescar!).

Afinamos então a quinta corda (A) do violão conforme o tom do telefone. A partir da quinta corda então, poderemos afinar as restantes:

1) A sexta corda, apertada na quinta casa, deve ter o mesmo som da quinta corda solta.

2) A quarta corda solta, deve ter o mesmo som da quinta corda apertada na quinta casa.

3) A terceira corda solta, deve ter o mesmo som da quarta corda apertada na quinta casa.

4) A segunda corda solta, deve soar igual à terceira corda apertada na quarta casa.

5) A primeira corda solta deverá soar igual à segunda corda apertada na quinta casa.

Ao afinar desta maneira e com o tom correto, dizemos que seu violão está afinado no “diapasão”, instrumento metálico ou um “apito” que gera a nota Lá (A), correspondente à quinta corda do violão. É uma boa idéia também carregar sempre um destes, de vez que o afinador eletrônico depende de pilhas para funcionar. Se a pilha descarrega…

Na imagem abaixo, um diapasão (tipo apito) específico para afinar violão, que soa todas as seis notas correspondentes às cordas do mesmo.diapasão.jpg

* Foto de http://www.andremusiccenter.com.br

É claro que para utilizar um afinador como estes, você irá depender totalmente da sua capacidade auditiva. Deve-se soar o apito e afinar a corda correspondente conforme aquela nota. Músicos com ouvido “bom” conseguem um resultado “quase” cem por cento.

Ah, sim, deixe-me contar uma pequena estória. Certa vez, estava tocando violão na casa de um amigo, e eis que apareceu outro violonista. É claro que a galera pediu que tocássemos juntos. Para tanto, seria necessário afinar os dois violões, pois um poderia estar um pouco abaixo (ou acima) – em tonalidade – do outro.

E estavam mesmo. O sujeito afinava seu violão numa tonalidade bem abaixo do diapasão. Como havia acabado de afinar o meu, disse a ele que afinasse o seu conforme o meu. O cara ficou brabo e disse:

- Ah! Você afina seu violão naquele tal de “diapasão”…

E falou isto em tom de deboche, como se eu fosse um pobre idiota que não sabia o que estava fazendo! Se tivéssemos que tocar com uma banda, eu não precisaria afinar meu violão, pois ele estava afinado corretamente. Cada acorde meu harmonizaria com o piano, teclado ou seja lá que outro instrumento houvesse. Enquanto que o violão do amigo… necessitaria de afinação, é claro.

Não que você não possa utilizar uma afinação diferente, mas aí precisa saber transportar acordes “ao vivo”. Explicando: Se você afinar seu violão um tom abaixo, um acorde Lá maior (A) será um Sol maior (G). Se os outros músicos estiverem tocando A, você deve tocar B. A menos que você faça questão de manter sua afinação “personalizada”, é melhor ficar no diapasão mesmo.

Reforçando então o que foi dito no começo: mesmo que esteja sozinho em casa treinando, é necessário afinar o violão antes. Acostume seu ouvido às notas e acordes corretos.

Mais sobre afinar violão

 

Não encontrou o que precisava? Sem problema. Entre em contato!

Preencha o formulário abaixo e pergunte o que quiser. É sério. Não seja tímido. Do lado de cá ninguém morde. E você não está se comprometendo com nada. Todas as consultas serão respondidas. Vá em frente e talvez eu possa conseguir exatamente o que você quer. Ah, sim... o preço da consulta? GRÁTIS!

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Quero informações sobre (clique para selecionar):

Sua mensagem

Antes de enviar, por favor preencha o campo abaixo.
captcha

Share Button

22 Comentarios

  1. Israel Braz Vieira says:

    Complementando o assunto como afinar violão, para quem tem dificuldade em perceber com o ouvido que 2 cordas estão afinadas, pode perceber no tato (com as mãos), é só colocar a mão direita no bojo do violão enquanto as 2 cordas vibram e sentir a vibração na mão. Quanto mais longa for a vibração sentida na mão mais perto de estarem afinadas as 2 cordas.

    • Bruno says:

      Obrigado pelo comentário, Israel. É verdade. O problema que eu acho que muitos têm, é em encontrar a referência para chegar próximo ao diapasão. Eu pelo menos, confesso que tenho. Encontrada a referência, a sua dica vem muito a calhar, porque se for difícil encontrar a referência, difícil também pode ser reconhecer que as duas cordas estão afinadas. Espero que todos os leitores acompanhem os comentários e espero ter em você um colaborador.

  2. juliano says:

    Gostei muito do texto,bem útil e humorado. parabens ao autor.em afinação prefiro afinadores eletronico mesmo.abç do jú.

  3. Lucas says:

    Aeee… Já to conseguindo afina meu proprio violao… xD sem aparelho… vamo ve se aprendo o resto agr… =] vlw … o blog tah muito bom… =]

  4. Diego Campos says:

    Eu particularmente já tenho o ouvido sensível o suficiente para afinar sem o “referencial tonal”(essa foi no osso!), utilizando inclusive os harmônicos… mas tem a ver com a prática diária. Meu Giannini série estudo já me tolera há 10 anos…. Abraço!

    • Bruno says:

      Valeu Diego. Parabéns pelo bom ouvido, não é todo mundo que nasce assim. Grande abraço.

  5. Alex Silva says:

    Exelente Diego!
    Sempre bota umas piadinhas no meio mesmo, a aula fica melhor. rs, !
    Abraços…

    • Bruno says:

      Obrigado, Asdrúbal! Me desculpe, mas não resisti, Alex. Você me chamou de Diego… rerere. Diego é o outro rapaz aí que fez um comentário. Mas tá tudo legal, obrigado pela visita e volte sempre. Grande abraço.

  6. joir says:

    cara…muito bom o site…to meio perdido ainda..mas é que sou iniciante…tem alguma dica pra afinar o violao de ouvido …sem prescisar do afinador..

    • Bruno says:

      Ola Joir. Siga as instruções do artigo. Você precisa de um tom de referência. Um abraço.

  7. Deborah Juliana says:

    olá, queria saber como fazer pra afinar o violão

  8. elizete says:

    Oi Bruno comprei um violão e espero receber as apostilas para treinar e aprender
    a tocar meu violão.

    • Bruno says:

      Olá Elizete. Se você está se referindo às apostilas do boletim acordes, já deve ter recebido. Mas vai iniciar agora, é melhor fazer um curso. Abraço.

  9. Jose Pedro says:

    Olá, muito interessante o seu artigo, eu afino por harmônicos e oitavas, depois que o meu ouvido ‘entendeu’ bem essa forma eu acabo afinando rapido… Seria bom se você postasse algo referente à essas duas formas…

    Otimo artigo! Abraços!

    • Bruno says:

      Olá Jose Pedro. Ótimo também o seu comentário. Creio que posso postar algo assim. O problema é que a maioria das pessoas não tem o ouvido tão apurado. Não quero que ninguém corra o risco de afinar em sol, por exemplo, achando que é lá. Aí ficaria complicado. Valeu a sugestão. Um abraço.

  10. Almir says:

    Bruno cara vc escreve D+ parabens pra vc de boa… pessoal ainda ñ sei toca ´violao e comprei um hj + daki pra la aprendo vlw…aae

  11. carol 10 says:

    SUUUUUUUUPEEER LLLLLLEEEEEEEGAAAAAAL!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  12. paloma says:

    obrigado pelo aprendizado que vc deu a todos tomara que eu quando aprender a tocar violão seja bastande bonito para que eu possa inventar musicas com meu violão muito muito obrigado bjs